Kriegsmarine

Da Metapedia

Kriegsmarine
Bandeira da Kriegsmarine.

Bandeira da Kriegsmarine.
Informações
País Alemanha
Criação 1935
Extinção 1945
História
Guerras/batalhas Segunda Guerra Mundial
Comando
Comandantes
notáveis
Erich Raeder
Karl Dönitz

A Kriegsmarine (Marinha de Guerra), era a marinha do Terceiro Reich, criada em 1 de junho de 1935 e que substituiu a Reichsmarine da República de Weimar, a qual tinha suas limitações por conta do Tratado de Versalhes. Era um dos três ramos oficiais da Wehrmacht (Força de Defesa) ao qual estava subordinado, os outros sendo o Heer (Exército) e Luftwaffe (Força Aérea).

Teve como Großadmiral (almirante-mor), Erich Raeder de 1939 até 30 de janeiro de 1943. Com o resultado negativo da Batalha do Mar de Barents, Hitler decidiu promover a Großadmiral o vice-almirante e comandante de submarinos Karl Dönitz que reorganizou a Krigsmarine focando na utilização dos submarinos. No final da guerra, Dönitz herdou o cargo de chanceler após a morte de Goebbels e Hans-Georg von Friedeburg foi promovido a Großadmiral até a dissolução do Governo de Flensburgo.

Índice

Formação

Após a Primeira Guerra Mundial, o Tratado de Versalhes impunha limitações a Alemanha, e a Reichsmarine da República de Weimar era insignificante, e poderia ter máximo 15.000 homens e 6 couraçados (com no máximo 10.000 toneladas cada), 6 cruzadores (com no máximo 6.000 toneladas cada), 12 contratorpedeiros (com no máximo 800 toneladas cada) e 12 barcos torpedeiros (com no máximo 200 toneladas cada) e sendo proibida a construção de submarinos e porta-aviões.

Em 18 de junho de 1935, Adolf Hitler assinou o acordo naval anglo-alemão, que permitiu que a Alemanha construísse até 35% da força da Royal Navy em todas as categorias de navios de guerra. Os projetos iniciais eram para dois navios couraçado, a classe Bismarck, inicialmente com um deslocamento de 36.000 toneladas e com armamento de 330 mm, mas para revidar os dois novos navios de guerra franceses classe Richelieu, os projetos foram significativamente ampliados, para um deslocamento de mais de 42.000 toneladas e com armamento de 380 mm.

Plano Z

O Plano Z era um plano ambicioso de expansão da Kriegsmarine iniciado em 1939 para a deixar equivalente a Royal Navy inglesa. A intenção era ter deznavios de batalha e quatro porta-aviões. Com o inicio da guerra no mesmo ano, o plano foi preterido o e recursos foram priorizados para a Wehrmacht e Luftwaffe.

Segunda Guerra Mundial

Em 1939, os principais acontecimentos envolvendo a Kriegsmarine foram o afundamento dos navios de batalha inleses HMS Courageous torpedeado pelo U-29 em 17 de setembro e do HMS Royal Oak em 14 de outubro torpedeado em Scapa Flow pelo U-47 comandado por Günther Prien, e o afundamento do navio de batalha da Kriegsmarine Admiral Graf Spree na Batalha do Rio da Prata em 13 de dezembro. Em 9 de abril de 1940 a Krigsmarine participou da Operação Weserübung, que serviu para repelir a Operation Stratford. Apesar do resultado positivo, a Kriegmarine acabou perdendo o cruzador pesado Blücher da classe Admiral Hipper, por canhões de artilharia da Fortaleza de Oscarsborg.

Comandantes

Comandante em Chefe (Oberbefehlshaber der Kriegsmarine):

Principais navios

Couraçados

Bismarck.
Bismarck.

Cruzadores de batalha

  • Classe Deutschland
    • Deutschland (renomeado Lützow em 1940 após o cruzador pesado Lützow ter sido vendido a União Soviética)
    • Admiral Scheer
    • Admiral Graf Spee
  • Classe Admiral Hipper
    • Admiral Hipper
    • Blücher
    • Prinz Eugen

Ver também

Ferramentas pessoais
Noutras línguas