Kurt Reuber

Da Metapedia

Kurt Reuber
A madona de Stalingrado

Kurt Reuber (* 26 de maio de 1906 em KasselAlemanha; † 20 de janeiro de 1944 no campo de prisioneiros de Yelabuga) foi um médico alemão, clérigo luterano e artista plástico, que alcançou notoriedade com a pintura da "madona de Stalingrado".

A madona de Stalingrado

Em 24 de dezembro de 1942, durante o cerco na Batalha de Stalingrado, o Dr. Med. lic. theol. Kurt Reuber proporcionou aos seus companheiros um alento ao desenhar com pedaços de carvão, o quadro de uma mãe abrigando a criança com seu manto. O desenho foi feito no reverso de um grande mapa russo. O desenho, que passou a ser conhecido como "A madona de Stalingrado" ganhou a liberdade (junto com outras 150 fotos e imagens) no último voo que saiu de Stalingrado, em um Junkers Ju 52 junto com Dr Wilhelm Grosse (comandante da 16.º Divisão Panzer)[1] [2] e ficou famoso. Kurt Reuber foi feito prisioneiro em fevereiro de 1943 quando o 6.º Exército se rendeu, e levado para o campo de prisioneiros de Yelabuga a cerca de 1.000 km ao nordeste de Stalingrado, onde morreu em 20 de janeiro de 1944.

Referências

Hanseaten (B)logbuch - Richtige Männer

Notas de rodapé

  1. de.scio
  2. Wesfälische Nachrichten (30/Dez/2012)
Ferramentas pessoais
Noutras línguas