Estados Unidos da América

Da Metapedia

(Redireccionado de Estados Unidos)
United States of America
Estados Unidos da América
Bandeira dos Estados Unidos da América
Grande Selo dos Estados Unidos da América
Bandeira Grande Selo
Lema:
E Pluribus Unum (latim, "De Muitos, Um") (1776–)
In God We Trust (inglês, "Em Deus Confiamos") (1956–)
Hino nacional: The Star-Spangled Banner
Gentílico: estadunidense, americano(a), norte-americano(a), estado-unidense e ianque

Localização de Estados Unidos da América

Localização dos Estados Unidos da América no mundo
Capital Washington, D.C.
Cidade mais populosa Nova Iorque
Língua oficial Nenhuma em nível federal.
Governo República federal presidencialista
 - Presidente Barack Obama
 - Vice-presidente Joe Biden
 - Presidente da Câmara dos Representantes John Boehner
 - Presidente da Suprema Corte John Roberts
Independência do Reino da Grã-Bretanha 
 - Declarada 04/07/1776 
 - Reconhecida 03/09/1783 
 - Constituição atual 21 de junho de 1788 
Área  
 - Total 9.371.175[1] km² (4.º)
 - Água (%) 2,39
 Fronteira Canadá e México
População  
 - Censo 2010 308 745 538 hab. 
 - Densidade 33 hab./km² (143.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2011
 - Total US$ 15,065 trilhões USD[2] (1.º)
 - Per capita US$ 48.147 (8.º)
PIB (nominal) Estimativa de 2011
 - Total US$ 15,065 trilhões USD (1.º)
 - Per capita US$ 48.147 USD (15.º)
Indicadores sociais
 - Gini (2007) 46,3
 - Índice de Desenvolvimento Humano (2011) 0,910 (4.º) – muito elevado[3]
 - Esperança de vida 78,2 anos (38.º)
 - Mortalidade infantil 6,3/mil nasc. (33.º)
 - Alfabetização 99,0% (19.º)
Moeda Dólar americano
Fuso horário (UTC-5 a -10)
Cód. ISO USA
Cód. Internet .us, .gov, .mil
Cód. telef. +1
Website governamental www.usa.gov

Mapa de Estados Unidos da América


Os Estados Unidos da América (em inglês: United States of America) formam um país localizado na América do Norte. É uma república constitucional federal composta por cinquenta estados e um distrito federal. Tem como principal aliado político o estado terrorista de Israel, o qual segundo alguns nacionalistas estadunidenses, controla os E.U.A. pelo chamado Governo de Ocupação Sionista (Zionist Occupation Government).

O país é internacionalmente odiado, não apenas por ser uma potência mundial, mas principalmente pelas suas intervenções militares que causam sempre mortes entre os civis nos países ocupados, sempre em nome da democracia e usando pretextos mentirosos. Possui 800 bases militares pelo mundo. É um país com uma grande desigualdade social, onde os cerca de 400 bilionários possuem as mesmas riquezas que os 150 milhões de estadunidenses mais pobres[4].

Índice

História

O território atual dos Estados Unidos da América estava habitado por pessoas originárias da Sibéria e erroneamente chamados atualmente de "nativos americanos". A hipótese solutreana defende no entanto que o território era habitado por europeus, antes da chegada de diversas ondas migratórias vindas da Ásia pelo Estreito de Bering.

Oficialmente os primeiros europeus a chegarem no que hoje são os Estados Unidos foram os espanhóis quando o navegador Juan Ponce de León desembarcou na Flórida em 02 de Abril de 1513, região que passou a ser colonizada pela Espanha. Durante o século XVI e o século XVII, estes territórios passaram a ser colonizados por diversos países europeus. Os ingleses colonizaram a região da costa atlântica, onde foram fundadas um total de Treze Colônias. Estas colônias, inicialmente muito diferentes e afastadas politicamente e culturalmente entre si, uniram-se e declararam sua independência em 4 de julho de 1776. Esta independência seria reconhecida pelos ingleses em 1783, no Tratado de Paris.

Em 1789, George Washington, que fora o líder das forças rebeldes americanas na Revolução Americana de 1776, foi escolhido por unanimidade pelos membros do colégio eleitoral como o primeiro Presidente dos Estados Unidos. O governo dos Estados Unidos passou a operar de maneira centralizada ainda em 1789, com capital em Nova Iorque. Um ano depois, a capital mudou-se para Filadélfia. Em 1803, o então presidente Thomas Jefferson autorizou a compra de um enorme território, a Louisiana, que dobrou a extensão territorial do país. Ao longo das primeiras décadas do século XIX, milhares de estadunidenses e imigrantes recém-chegados no país, principalmente irlandeses que fugiam da fome, passaram a mover-se em direção ao oeste. Foi o início da expansão estadunidense em direção ao Oceano Pacífico. Muitos destes assentadores instalaram-se até mesmo em áreas não controladas pelos americanos à época, especialmente no Texas e na Califórnia.

Os habitantes americanos que viviam nestas regiões passaram a exigir a anexação destas regiões por parte do governo estadunidense e em 1839, o Texas tornou-se independente, tornando-se uma república. O Texas foi anexado pelos Estados Unidos em 1845. Em 1846, o Reino Unido cedeu a região sul do Território de Oregon para os Estados Unidos. Ainda no mesmo ano, a Guerra Mexicano-Americana teve início. A guerra teve fim em 1848, terminando com vitória americana. No Tratado de Guadalupe Hidalgo, assinado em 2 de fevereiro de 1848, o México oficialmente cedia toda a região norte do país para os Estados Unidos. Em 1853, os Estados Unidos compraram uma pequena região, na Compra de Gadsden, que constitui o sul dos atuais Estados de Arizona e Novo México.

Os Estados Unidos já eram então na década de 1850 uma grande potência econômica e militar. Milhares de imigrantes vindos de países europeus instalavam-se anualmente nos Estados Unidos. Porém, as diferenças políticas, sociais e econômicas entre o Norte e o Sul dos Estados Unidos haviam crescido drasticamente desde que o país tornara-se independente em 1783. A população do Norte havia crescido drasticamente, e tinha quase o triplo da população do Sul. A maior parte dos imigrantes instalavam-se no Norte, cuja economia era pesadamente industrializada, e cuja população era contra o uso do trabalho escravo. O Sul, por sua vez, continuava dependente das exportações de algodão para países europeus.

Geografia

Com uma área de 9.371.175 km2 os EUA são o 4º país do mundo em extensão territorial, atrás de Rússia, Canadá e China. O Monte McKinley, no Alasca, com 6.194 metros de altitude, é o ponto mais alto do país e de toda a América do Norte.

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. [3]
  4. www.veja.abril.com.br

Ligações externas

  • www.usa.gov - Página do governo estadunidense (em inglês).
Ferramentas pessoais